terça-feira, 19 de setembro de 2017

Pai diz que estuprava filha para compensar o pagamento da pensão alimentícia


Foi preso na sexta-feira (15), pela Divisão de Inteligência e Captura (Dicap) com apoio da Divisão de Inteligência da Polícia Militar e agentes da Polícia Civil, um homem de 35 anos acusado de estuprar a própria filha de 14 anos. Ele foi detido no bairro Jardim Caranã, zona Oeste da cidade em Boa Vista. Eliane Gonçalves, delegada responsável pelo caso, disse que o pai da adolescente justificava os abusos como compensação pelo pagamento da pensão alimentícia. O homem nega o crime.

Segundo a delegada, no dia 19 de abril, a mãe fez um boletim de ocorrência relatando que a filha estava sendo abusada pelo pai. A garota, conforme a mãe estava apática, triste e chorava muito facilmente. “Ele [pai] foi interrogado, inclusive na presença do advogado, e negou o estupro”, diz a delegada. Durante a investigação foi comprovado à violência sexual, acrescenta Eliane.

“A mãe mandava a filha receber a pensão na casa do pai junto com uma parente. Lá, ele pedia para a familiar sair para comprar alguma coisa. Nesse período de tempo, ele estuprava a filha. Ele dizia à filha que era para compensar a pensão alimentícia que pagava a ela”, relata a delegada.  De acordo com ela, o abuso se iniciou com o pai pedindo para filha tocar no suspeito. A violência ocorria há pelo menos dois anos.

“Ele levava a vítima para o banheiro onde pedia a ela para lavá-lo nas partes íntimas. Ela questionava e ele dizia que, como a filha cuidava de criança, tinha de aprender a fazer a higiene. Depois de um tempo ele iniciou o ato de conjunção carnal quando a filha tinha 12 anos, até os 14”, detalha Eliane.

Após os exames psicológicos e de conjunção carnal, conforme a delegada, foi pedida a prisão preventiva do suspeito. “Com os indícios em mãos, pedimos ao Poder Judiciário a prisão dele. Depois do interrogatório, ele mudou de telefone, de endereço e se distanciou de familiares, mas conseguimos achá-lo”, diz a delegada.


Segundo o G1, questionado, o pai negou o crime e disse que só falaria na presença do advogado. Após passar por exame de corpo de delito ele será levado para a Penitenciária Agrícola de Monte Cristo.

BOTUPORÃ: CONTINUA NA FARMÁCIA QUEIROZ A PREMIAÇÃO PRA VOCÊ PREZADO CLIENTE (CONFIRA OS GANHADORES DA POUPANÇA PREMIADA E BRINDES DESTE MÊS DE AGOSTO (2017)


EM 2017 NÓS TEMOS 1000 MOTIVOS PARA VOCÊ TER UM ANO NOVO CHEIO DE REALIZAÇÕES
E GANHAR UMA GRANA EXTRA PRA COMPRA O QUE VOCÊ QUERER NA HORA QUE VOCÊ QUISER .
ENTÃO PRESTE ATENÇÃO,BASTA FAZER UMA COMPRA NA FARMÁCIA QUEIROZ QUE VOCÊ CONCORRE A 02 POUPANÇA NO VALOR TOTAL DE 500,00 (QUINHENTOS REAIS) QUE SERÃO SORTEADA TODO MÊS, PARA OS CLIENTES DA FARMÁCIA QUEIROZ, PORTANTO NÃO PERCA ESTA CHANCE, VOCÊ PODE FAZER SUAS COMPRAS HOJE
MESMO E RECEBA CUPONS PARA PARTICIPAR DESTE MARAVILHOSO SORTEIO

NA FARMÁCIA QUEIROZ TEMOS O PROGRAMA DO GOVERNO FEDERAL ´´AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR´´ QUE DISTRIBUI REMÉDIOS DE GRAÇA OU COM DESCONTO DE ATE 90% PARA: HIPERTENSÃO, OSTEOPOROSE, ASMA,RINITE,ANTICONCEPCIONAL,FRAUDAS GERIÁTRICAS, COLESTEROL, GLAUCOMA, DIABETES

TEMOS AINDA UMA GRANDE VARIEDADE DE MEDICAMENTOS,PRODUTOS NATURAIS,PERFUMARIA,RECARGA DE CELULARES, SERVIÇOS  DE XEROX ENCOMENDAS DE FORMAS MANIPULADAS E ENTRE OUTROS

AHHHHHH!!!!NÃO ESQUEÇA, POUPANÇA PREMIADA,TODO MÊS E NA FARMÁCIA QUEIROZ

A FARMÁCIA QUEIROZ FICA LOCALIZADA, NA PRAÇA JOSÉ MARQUES DAS NEVES,23
CENTRO DE BOTUPORA BAHIA (AO LADO DA NATAN MOVEIS) TEL: 3678. 2066
FARMÁCIA QUEIROZ SUA SAÚDE EM BOAS MÃOS


 
POUPANÇA PREMIADA DA FARMÁCIA QUEIROZ

VEJA OS GANHADORES DA POUPANÇA PREMIADA E BRINDES DE AGOSTO : AQUI










A FARMÁCIA QUEIROZ AGRADECE A TODOS OS CLIENTE PELA A PARTICIPAÇÃO DA POUPANÇA PREMIADA














O ATENDIMENTO  DE PRIMEIRA DA FARMÁCIA QUEIROZ


 

Poções: Vaca dá à luz 3 bezerros e caso raro ocorre a cada 100 mil gestações



Em uma situação rara, que ocorre a cada 100 mil gestações de bovinos, uma vaca deu à luz três bezerros no município de Poções, no sudoeste da Bahia. O caso ocorreu na Fazenda Boa Sorte, que conta com 13 vacas no rebanho. Entretanto, foi o animal que tem o nome de Jabuti que foi responsável pela rara gestação. Aos 66 anos, Ademário Pires, que há mais de 30 trabalha como vaqueiro, nunca viu uma situação semelhante. “A primeira vez eu vim ver foi essa semana agora que passou”. Essa é a segunda vez que a vaca Jabuti dá à luz. De acordo com o G1, na primeira gestação, tudo ocorreu dentro da normalidade, com o nascimento de um bezerro.  Jabuti é da raça Girolando, que é muito conhecida pela produção de leite. Só essa vaca, produz 12 litros de leite por dia.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Jovem estilista natural de Botuporã-Ba é destaque no Barra fashion, em shopping da Capital Baiana.

Fotos: Divulgação
 Aurélio Neto apresentou a coleção mitra no Barra Fashion Mall no último domingo (17). Ele venceu o concurso novos talentos promovido pelo shopping Barra e encerrou a edição 2017 do evento. Baiano de Botuporã região Sudoeste, Aurélio Neto é graduado em Moda pela Unifacs, já atuou como produtor de moda de uma emissora de TV e ministrou aulas no Senac de sua cidade natal. A coleção trouxe peças confeccionadas e bordadas por costureiras e bordadeiras da cidade natal do estilista (Botuporã-Ba). O novo estilista já inicia a carreira incentivando a cadeia produtiva da moda no estado. Aurélio Neto junta-se aos maiores nomes do estilismo do estado que, assim como ele, foram revelados pelo concurso covos talentos. Vitorino Campos, Luciana Galeão, Ismael Soudam, Márcia Ganem Úrsula Felix, Karol Farias, Vinícius Cerqueira, Leila da Cruz, Tarcísio Almeida, Alexandre Guimarães, Aládio Marques e Úrsula Quaresma são alguns dos que desfilaram suas coleções inéditas em edições do Barra Fashion. Assista:

sábado, 16 de setembro de 2017

ZABUMBÃO EM RISCO DE COLAPSO – Reservatório prestes a atingir limite crítico

Medições apontam que a barragem corre riscos caso a seca persista

Novamente o egoísmo de alguns, aliado à total descaso de órgãos fiscalizadores e principalmente a falta de consciência ambiental, provocam danos quase que irreparáveis à Barragem do Zabumbão e consequentemente, preocupações e temor a milhares de famílias do Vale do Paramirim, que dependem desses recursos hídricos. Ressalta-se inicialmente que, o reservatório em questão, foi construído pelo Governo Federal com os objetivos prioritários de abastecimento humano e dessedentação animal. Com capacidade para armazenar 74 milhões de metros cúbicos, o lago está hoje, quase no seu nível de alerta.
A sociedade regional tem acompanhado há anos, diversas reportagens sobre esse tema polêmico. Os descasos, a falta de fiscalização, decisões totalmente equivocadas de “entendidos” que além de provocarem desastres, complicou a situação do lago. O leitor acompanhou notícias que dão conta da existência de contaminação de rios e nascentes, a presença de garimpos clandestinos que seguem operando livremente, descarga in natura de esgotos domésticos, invasões das áreas de proteção para criação de gado e a famigerada disputa pela água protagonizada por proprietários que se imaginam no tempo dos coronéis. Esses são os principais responsáveis pelo desperdício com um sistema arcaico de irrigação.
VEJA EM VIDEO A ATUAL SITUAÇÃO:

Após a catástrofe ocorrida no mês passado, que praticamente destruiu todo o balneário turístico da cidade de Paramirim, fato que repercutiu em todo o estado através dos maiores veículos de comunicação, dando conta de evidentes falhas na operação da comporta ao liberar equivocadamente, de forma descontrolada mais de um milhão de metro cúbico de água, causando uma inundação que arrastou tudo rio abaixo sob o pretexto de atender comunidades ribeirinhas, a preocupação das comunidades se acentuou. Tanto pelo despreparo de quem deveria ter capacidade para gerir, como pela elevada vazão que contribuiu para a atual situação e risco de colapso no abastecimento dos municípios de Paramirim, Caturama, Tanque Novo e Botuporã, além de diversas comunidades dos municípios circunvizinhos que são atendidas pelo programa de carros pipas coordenado pelo exército brasileiro.
Mesmo diante de uma situação delicada, que clama por ações firmes e eficazes, é comum se observar personalidades, fazendeiros, garimpeiros e até políticos, zombarem das denúncias apresentadas. Tal qual os coronéis do passado, batem no peito e bradam “a água é nossa, temos o direito de fazer com ela o que bem entendermos”. Uma lastimável realidade, pois estão realmente fazendo o querem e ninguém se levanta para impedir tamanha degradação. Não se observa ações do Ministério Público Ambiental no intuito de inibir os garimpos clandestinos que atacam as nascentes, soterrando e poluindo, as derrubadas de matas ciliares, invasões de terrenos dentro das áreas de preservação, expõem a ausência e fragilidade do IBAMA. Também a ANA – Agência Nacional de Águas, a CODEVASF que deveriam gerir com severidade, delegam poderes a leigos que por sua vez, insistem em esvaziar a barragem.
Nossa reportagem esteve mais uma vez checando parte do percurso das águas, desde as nascentes no Morro do Fogo (onde garimpos de ouro operam), passando pela cidade de Érico Cardoso, visitamos o famoso Poção de Água Quente, uma das únicas fontes ainda preservada. Constatamos através de vídeos e fotos aéreas, que a poluição do rio é um desafio a ser vencido. Por se tratar de uma obra que envolve quantias elevadas de recursos, seria impossível para o município arcar com o sistema de esgotamento. Daí a presença do estado será crucial para uma despoluição do leito naquela região. Já no início do lago da barragem, observa-se as invasões de terras da APA, criações de gado e até a presença de outros animais nas margens.
Além do alto nível de poluição acumulado no fundo da barragem, lodo podre de odor insuportável que ficou explícito quando aconteceu a desastrosa descarga d’água, o leito do rio que continua imediatamente após a parede de contenção, encontra-se assoreado, e repleto de bombas e motores que sugam a água para irrigar capim para gado. No trecho percorrido pela reportagem, desde o Morro do Fogo, atravessando todo território de Paramirim até a cidade de Caturama, apenas duas comunidades, Cachoeirinha e São João, produzem alimentos através da agricultura familiar. Em todo o restante do percurso, apenas extração de minerais, assoreamento e motores que captam a água para outros fins. Registra-se que exatamente na sede de Caturama, não mais existe água corrente no leito, ou seja, mesmo com as descargas provocadas, tudo é sugado ou desviado antes de chegar em Caturama.
É fato que a seca é um fenômeno inevitável, um problema climático que ocorre na nossa região frequentemente. Exatamente por estarmos localizados em uma região de pouca chuva. De acordo com nossas pesquisas, a Barragem do Zabumbão foi construída para combater esse fenômeno ecológico, que prejudica milhares de famílias, gerando um grave problema social e político. O Zabumbão representa a segurança hídrica para o Vale do Paramirim, idealizada para solucionar um drama, a falta d’água que tira também o sono do nordestino. Ao denunciarmos a situação de risco de toda a bacia, alertamos para um evidente colapso no abastecimento, caso persista tal situação de abandono, descaso e insensibilidade de pessoas, autoridades e órgãos fiscalizadores. O discurso demagogo, reuniões elitistas, intelectualóides posando como salvadores. Tudo isso em nada contribui com a causa pela revitalização. Expõe as atitudes e ações supérfluas de gente que gosta de aparecer. O caso Zabumbão pode se transformar dentro em breve, em uma tragédia de proporções gigantescas e catastróficas, com o esvaziamento total de um reservatório que até os dias atuais, ainda representa a redenção desse Vale.
Enquanto existir a inércia dos organismos fiscalizadores, avançam as queimadas, derrubadas, desperdícios, poluições, assoreamento. “O sertanejo, herói que vive e passa pela secura da terra, que como os galhos da vegetação do semiárido, se contorce ao ver a terra esturricada, o rebento chorando de fome, o boi morrendo, o cachorro magro agonizando por falta do que comer, mas firme permanece, como se fora rocha. Homem de crença inabalável, de uma fé comovente, ajoelha-se, ergue as mãos para o céu e implora a Deus, por intermédio de São José, para a chuva cair. Inevitável comoção – sertanejo é mesmo um forte”.
Pensando nisso, devemos invocar os mais puros sentimentos de humanidade que residem dentro de cada um, é fundamental que nos dispamos de egoísmos políticos, conscientes de que esse nosso problema tem solução e tudo depende de um pensamento coletivo, sentimento de amor ao próximo e acima de tudo, nos conscientizarmos de que essa não é uma causa local, devemos nos colocar abertos ao sofrimento dos nossos irmãos a nível regional. Compartilhar e combater causas e consequências, pensando no macro. Somente ações determinadas, atitudes abnegadas, serão capazes de recuperar nascentes, proteger o meio ambiente e recursos hídricos, despoluir e ressuscitar as nossas nascentes que dão vida e alimentam todo o Vale.
Quanto aos “Coronéis” proprietários de latifúndios ribeirinhos, esses se esbaldam em cima da miséria alheia, enriquecem protelando a busca de soluções dos problemas hídricos e sociais, para estes, pouco importa as preocupações com o rio, se acham superiores, riem da angústia das famílias sofridas. A ganância se encarregará de sufocá-los nos casulos da insensatez, relegando-os à insignificância que merecem neste plano terrestre.

Fonte Jornal Eco Paramirim

Entre Paramirim e Érico Cardoso-BA; mulher morre em acidente na BA-122


Um acidente na BA-122, trecho que liga os municípios de Paramirim a Érico Cardoso, no sudoeste da Bahia, na noite da última sexta-feira (15), vitimou uma mulher identificada como Maria Aparecida, que trabalhava de gari na cidade de Paramirim. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o veículo de passeio dirigido por um homem com sinais de embriaguez, colidiu frontalmente com a motocicleta pilotada pela vítima. Ela morreu na hora. A polícia prendeu o motorista do veículo em flagrante. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Brumado realizou a perícia no local e encaminhou o corpo de Maria Aparecida para o Instituto Médico Legal (IML) para ser necropsiado. A vítima deixa  marido e dois filhos. (As informações são do site Achei Sudoeste)



Bom Jesus da Lapa-BA: Policia Militar impede assalto à loja; um suspeito morreu e outro foi preso

                      Foto: Tony Gama / Blog Braga
Na manhã deste sábado (16), a Polícia Militar foi acionada, recebendo a informação que uma loja estava sendo assaltada no Centro da cidade de Bom Jesus da Lapa, próximo a Prefeitura e o Santuário. Durante a abordagem houve troca de tiros, um dos suspeitos, identificado por Rafael Oliveira Fiúsa Lisboa foi   ferido, encaminhado a UPA, Unidade de Pronto Atendimento, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O outro suspeito, Bruno Leonardo Jesus dos Santos e as armas apreendidas foram apresentados na Delegacia Territorial de Bom Jesus da Lapa.

Policiais da 38ª CIPM, com orientação do Major Normanha. Sabendo que após Romaria muitos comerciantes estavam preocupados, pois, ontem os bancos foram fechados.

Segundo informações da Polícia, os dois  são suspeitos de praticarem um “arrastão” na tarde de ontem e assaltara a loja Santo Antonio.

Durante todo o final de semana a PM está atenta e junto com os comerciantes para evitar situações como estas. (Fonte: Notícias da Lapa)



Morre, aos 65 anos, o jornalista Marcelo Rezende


O jornalista Marcelo Rezende morreu, às 17h45 deste sábado (16), em São Paulo, aos 65 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos em consequência de um câncer, informou o Hospital Moriah.

Rezende foi diagnosticado no início do ano com câncer no pâncreas com metástase no fígado. Ele se afastou do comando do programa Cidade Alerta, da TV Record, para fazer o tratamento de quimioterapia. Ele estava internado no Hospital Moriah, na Zona Sul de São Paulo.

Em um vídeo postado no dia 3, Marcelo Rezende falou sobre os altos e baixos do tratamento contra o câncer. "O que eu tenho, a doença que eu tenho, o câncer que eu tenho, tem altos e baixos, é como uma montanha-russa. Uma hora eu to lá em cima, outra hora eu to lá embaixo. O mais importante é que eu estou firme e estar firme é aqui, onde a mente funciona. E eu estou firme para enfrentar os baixos, até chegar o momento em que o alto vai deslizar e aí a cura vai chegar. E eu tenho certeza dela porque Deus está comigo, Deus está contigo", disse o jornalista.

Marcelo Luiz Rezende Fernandes nasceu no Rio de Janeiro, em 12 de novembro de 1951.
Começou sua carreira como repórter esportivo nos anos 70 do Jornal dos Sports. Trabalhou em O Globo, revista Placar e chegou à TV em 1987 para trabalhar na Globo. Entre os destaques está a cobertura do caso da operação da polícia na Favela Naval, em Diadema e a apresentação do programa Linha Direta. Trabalhou também na Band e Rede TV.

O jornalista deixa cinco filhos e dois netos. (G1)




sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Alcobaça-BA - Tocaram fogo no transporte escolar de alunos.



Um ônibus que fazia o transporte escolar dos alunos da rede pública de Alcobaça foi incendiado na noite desta quarta-feira, 13 de setembro, próximo a comunidade de Pouso Alegre, mais conhecida como Pixixica.

O ônibus era utilizado para transportar os alunos do ensino médio até a escola em Alcobaça. Ainda não há informação sobre o ocorrido. Ao lado da carcaça do ônibus foi encontrado um galão vazio, usado para armazenar gasolina. Foi solicitada uma perícia que recolheu material para análise. Fonte | Sulbahianews

HOMEM DIZ QUE NÃO AQUENTA MAIS SER TRAÍDO E FAZ BOLETIM CONTRA A MULHER EM MT



Boletim de ocorrência foi feito com termos chulos e palavras grosseiras. Marido, de 50 anos, disse não aguentava mais "tomar chifre" da mulher.


Alegando estar cansado de ser traído pela mulher, um morador de Cáceres, cidade a 220 km de Cuiabá, procurou a delegacia da Polícia Civil e registrou um boletim de ocorrência contra a companheira. No documento, registrado na última segunda-feira (17), o homem, de 50 anos, disse que não aguentava mais ‘tomar chifre’, por isso resolveu procurar a polícia.

Marido, de 50 anos, disse não aguentava mais 'tomar chifre' da mulher e registrou boletim de ocorrência em Cáceres (Foto: Divulgação)
O G1 não localizou o marido ou a mulher. O boletim de ocorrência foi feito com termos chulos e palavras grosseiras em relação ao suposto comportamento da mulher do morador, além de conter vocabulários normalmente encontrados no linguajar mato-grossense. A Polícia Civil confirmou que o boletim de ocorrência foi feito pelo marido na delegacia, que assinou e concordou com o que foi dito.

No documento, o homem disse que tem um relacionamento com uma mulher que conheceu em Cáceres, porém, teria presenciado diversas traições, sendo que em uma delas encontrou a companheira na cama com outro homem. Ele disse à polícia que chegou a danificar a bicicleta da mulher para evitar que ela saísse de casa e o traísse outras vezes.

“(…) o comunicante [marido] não aguenta mais tomar chifre na cabeça e ver sua morena (…) com outros homens na rua e por isso veio até a delegacia para registrar o boletim de ocorrência”, diz o BO. O próprio marido se diz ‘corno’ e pede ajuda da polícia para não ter mais problemas com a ‘morena’.

A Polícia Civil informou que o boletim de ocorrência foi classificado como ‘natureza atípica’. Por isso, não gera nenhum procedimento policial, já que a situação narrada não é considerada crime pela polícia.

Ainda conforme a polícia, o próprio marido quis que os termos fossem descritos na forma em que foram colocados no documento. Contudo, pela maneira narrada e pelas palavras grosseiras usadas no boletim de ocorrência, o marido deve ser chamado para se explicar na delegacia.

A previsão é que ele seja ouvido na tarde desta quarta-feira (19) em uma delegacia em Cáceres.


Com informações do G1
1a. foto ilustrativa

Alcobaça-BA - Tocaram fogo no transporte escolar de alunos.


Um ônibus que fazia o transporte escolar dos alunos da rede pública de Alcobaça foi incendiado na noite desta quarta-feira, 13 de setembro, próximo a comunidade de Pouso Alegre, mais conhecida como Pixixica.

O ônibus era utilizado para transportar os alunos do ensino médio até a escola em Alcobaça. Ainda não há informação sobre o ocorrido. Ao lado da carcaça do ônibus foi encontrado um galão vazio, usado para armazenar gasolina. Foi solicitada uma perícia que recolheu material para análise. Fonte | Sulbahianews

Homem natural de Boquira desaparece em São Paulo e Família pede ajuda para encontra-lo.


Foto reprodução do Facebook de Tatiane Rodrigues 
Homem identificado como Sebastião Rodrigues Santos, natural de Boquira - BA, com parentes no povoado de Fim de Campos está desaparecido em São Paulo. A pedido da família segue na íntegra o apelo para encontrá-lo.

 Pessoal venho aqui com um sentimento inexplicável. Esse é o meu avô:Sebastião Rodrigues Santos, ele saiu de casa às 9:30 de hoje 13/09, dizendo que iria pagar uma conta nas Casas Bahia no Taboão – Sbc e não voltou mais, ele está com uma camiseta cinza, bermuda bege e chinelo, sem documento, sofre de depressão. Caso você tenha alguma informação entre em contato no telefone 97647-4439 ou 23556151. Estamos desesperados mas com fé que iremos encontra-lo bem, se você não viu, compartilhe e nos ajude, agradeço imensamente a ajuda. Por favor não passem trote, se coloque em nosso lugar.

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Juiz prende homem por falso testemunho em processo de cassação do prefeito de Rio do Antônio



Nesta quinta-feira (14), um a testemunha de defesa recebeu voz de prisão durante audiência que está sendo realizada na Comarca de Caculé para apuração de suposta compra de votos por parte do atual prefeito, José Souza Alves (PV), o Deca, nas eleições de 2016. O juiz Antônio do Espírito Santo decretou a prisão de Valdernei Farias por falso testemunho. O homem foi levado até a delegacia para adoção das medidas cabíveis. Segundo informações obtidas pelo site Achei Sudoeste, mesmo após o acontecido, a audiência continua em andamento e há uma grande probabilidade do prefeito ser cassado ainda na primeira instância. A assessoria jurídica do gestor até entrou com Mandado de Segurança no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) a fim de cancelar a audiência, porém o pedido foi negado.



Michel Temer é denunciado acusado de organização criminosa e obstrução de Justiça


O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira (14) uma nova denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), desta vez pelos crimes de obstrução à Justiça e organização criminosa. O STF somente poderá analisar a denúncia contra Temer se a Câmara autorizar. Em agosto, a Câmara rejeitou a primeira denúncia de Janot contra Temer, por corrupção passiva. Outras oito pessoas são alvos da mesma denúncia – dois ministros, dois ex-ministros, dois ex-deputados, um empresário e um executivo. De acordo com o procurador, os políticos denunciados (todos do PMDB) arrecadaram mais de R$ 587 milhões em propina. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer. Desta vez, pelos crimes de obstrução à Justiça e organização criminosa. Novamente, ela precisará da autorização da Câmara dos Deputados para ser analisada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Na primeira denúncia, por corrupção passiva, os parlamentares votaram pelo arquivamento do caso. Janot denunciou outras sete pessoas: o ex-ministro Geddel Vieira Lima, os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, os empresários Joesley Batista e Ricardo Saud, e os ex-deputados Eduardo Cunha, Rodrigo Rocha Loures e Henrique Eduardo Alves. De acordo com o G1, quanto ao crime de organização criminosa, Janot aponta que Temer, Geddel, Cunha, Henrique Alves, Rocha Loures, Padilha e Moreira Franco receberam propina, que, somada, chega a R$ 587,1 milhões. O pagamento dos valores teria feito parte de crimes contra empresas e órgãos públicos, como a Petrobras e a Caixa Econômica Federal. Nas ações relacionadas ao crime de obstrução de Justiça, Janot aponta o compromisso feito entre o doleiro Lúcio Funaro e Joesley para não fechar acordo de delação premiada. Ambos se tornaram delatores. O procurador aponta ainda que Temer estimulou o empresário a fazer pagamentos para Eduardo Cunha para que ele não fizesse delação premiada.

Ministério Público expede recomendação para anular processo seletivo em Brumado



O Ministério Público Estadual (MPE) expediu uma recomendação ao prefeito de Brumado, Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), para que seja anulado integralmente o edital e todos os atos praticados no processo seletivo simplificado n º 05/20017, que prevê a contratação temporária de 71 profissionais da área de saúde. A recomendação, feita pelo promotor de Justiça Ruano Fernando da Silva Leite, também orienta que sejam restituídos aos candidatos todos os valores de inscrição e que o prefeito se abstenha de efetuar ou prorrogar a contratação de servidores por tempo determinado para postos de saúde, hospitais, Programa Saúde da Família (PSFs), Centro de Atenção Psicossocial (Caps); Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas); Serviço de Atendimento Médico (Samu), exceto para atender necessidade estritamente temporária. O promotor de Justiça recomendou também que todos os contratos temporários em desacordo com a Constituição Federal sejam anulados de forma escalonada e que seja realizado o preenchimento dos cargos correspondente às funções exercidas pelos agentes contratados irregularmente por servidores aprovados no certame 01/2017 ou de outros concursos públicos, respeitando-se a ordem de precedência

Geddel alega risco de ‘estupro’ e pede para voltar ao lar


A defesa de Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) alegou risco de “estupro” na Penitenciária da Papuda, local em que o ex-ministro está recolhido desde a semana passada, em Brasília, e pediu que ele volte para o regime de prisão domiciliar em seu apartamento em Salvador. O requerimento foi negado pela juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, que ressaltou o fato de os advogados do peemedebista terem supostamente se baseado em informações “inverídicas” e “especulativas” na petição.

A defesa se baseou em matéria publicada no portal “A Folha Brasil”, no dia da prisão do ex-ministro, noticiando que mensagens vazadas por familiares de detentos do Complexo Penitenciário da Papuda dariam conta de “ameaças de estupro” que teriam sido “enviadas aos políticos que estão cumprindo pena ou prisão preventiva”.
Conforme a “reportagem” citada pelos advogados de Geddel, facções criminosas da unidade prisional teriam avisado aos acusados de corrupção que teriam de prestar serviços sexuais e domésticos aos demais internos. “Um famoso ex-deputado já está ‘casado’ com um traficante. Seus familiares estão pedindo intervenção da Justiça para que a violência e humilhação cessem o mais breve possível”, diz trecho do texto publicado no site.

A defesa também alegou que a família do peemedebista teria recebido mensagem ameaçadora por rede social e que peças do procedimento criminal, além de imagens da audiência de custódia, teriam sido publicadas pela imprensa, o que seria um fator de exposição e risco. A petição alega que “qualquer lesão que aconteça a Geddel será de responsabilidade direta de todos os garantidores que se omitiram”.

“Por fim, a defesa requer a imediata colocação do custodiado em prisão domiciliar, alegando ser esta a única forma de garantir a sua integridade física ou, em caso de entendimento diverso, pede sua alocação em batalhão de guarda da Polícia Militar”, narra o despacho da magistrada.

Em resposta ao pedido, a juíza afirmou não ter competência para decidir sobre o pedido, uma vez que se trata de assunto da alçada da Justiça Federal. Ela argumentou que, a despeito disso, o pedido é baseado em notícia de caráter especulativo, pois, após a prisão de Geddel, os familiares dos presos de seu bloco nem os haviam visitado, ou seja, não poderiam ter tido contato com eles para saber de eventuais ameaças.

“Soa um tanto estranho que essas mensagens tenham sido dirigidas ao ora custodiado, quando sequer havia divulgação relativa à unidade prisional em que seria alocado, em especial porque a matéria jornalística traz alguma informações inverídicas sobre a realidade das unidades prisionais do DF, inclusive quanto ao número de refeições disponibilizadas aos custodiados”, escreveu.


A juíza acrescentou que Geddel não tem nenhuma prerrogativa ou garantia que lhe assegure custódia em sala de Estado Maior, na Polícia Militar. O ex-ministro foi preso na última sexta-feira, 8, após a Polícia Federal descobrir que escondia R$ 51 milhões em dinheiro vivo num apartamento em Salvador bem próximo ao local em que já cumpria prisão domiciliar. O advogado de Geddel, Gamil Föppel, foi procurado, mas ainda não respondeu à reportagem. Fonte: Estadão